domingo, 16 de julho de 2017

Balanço 3ª sessão "Grandes novidades da arqueologia da região de Beja"

A intensidade de trabalho nas últimas semanas não permitiu que fizéssemos neste espaço o balanço da 3ª e última sessão dedicada ao ciclo das "Grandes novidades da arqueologia da região de Beja", que agora se apresenta.
Assim, no dia 22 de Junho, encerrou-se este pequeno ciclo de conferências e conversas à volta de temas sobre a arqueologia da região de Beja com a presença de António Carlos Valera que presenteou os cerca de 20 assistentes com uma magnifica sessão sobre os recintos de fossos pré-históricos recentemente descobertos e intervencionados no concelho de Beja e não só. 
O orador convidado levou muito a sério o conceito proposto em torno das grandes novidades e revelou alguns dados ainda inéditos sobre sítios arqueológicos únicos aqui existentes, para além de ter feito um profundo mas necessário enquadramento da investigação realizada neste tipo de sítios a nível nacional e internacional. 
Tal como nas sessões anteriores, o debate foi mais uma vez bastante intenso e desenvolvido, possibilitando o aprofundamento de algumas das questões levantadas durante a conferência.


Em jeito de balanço final, este pequeno ciclo, organizado pela ADPBeja com a colaboração do Projecto Outeiro do Circo e o apoio da Câmara Municipal de Beja, envolveu um total de 76 assistentes no conjunto das 3 conferências e permitiu dar a conhecer localmente e para um público diversificado os resultados mais recentes das intervenções arqueológicas que abarcaram grande parte da pré e da proto-história da região e que estão a transformar radicalmente o cenário da ocupação humana que tínhamos como garantido até há bem pouco tempo atrás.
Um agradecimento especial aos dois conferencistas que se deslocaram a Beja para apresentarem os seus respectivos temas, Ana Margarida Arruda e António Carlos Valera, a toda a equipa da ADPBeja, incansável exemplo de como se deve estar no Associativismo, em particular ao seu presidente, Florival Baiôa Monteiro e também ao Pedro Gualter que fez grande parte do trabalho de "bastidores" e por fim aos funcionários da Biblioteca Municipal de Beja - José Saramago pela paciência com o nosso pouco respeito pelos horários da casa e por todo o apoio prestado.
Como compromisso para o futuro mais próximo tratar-se-à de procurar publicar os temas apresentados num formato também acessível ao público em geral e procurando também incluir outros temas que enriqueçam a publicação que se pretende editar.
E esperemos também pela possibilidade de organizar em conjunto um novo ciclo de conferências sobre temáticas que de algum modo se relacionem com o trabalho desenvolvido no Outeiro do Circo e que permitam o estabelecimento de pontes com outros agentes da região.



sábado, 15 de julho de 2017

Novo artigo sobre o Outeiro do Circo

No próximo dia 22 de Julho será apresentado em Almada o número 21 da revista Al-Madan, impressa e o tomo 3 da edição online. 
O Projecto Outeiro do Circo manteve a sua colaboração regular com esta importante revista científica e de divulgação arqueológica através de um artigo que relata de forma breve e acessível os resultados e as actividades desenvolvidas na campanha realizada no Verão de 2016.
Assim que for possível o artigo ficará disponível para descarregar através da página Bibliografia, na barra superior deste blogue.


Projecto Arqueológico do Outeiro do Circo (Beja). Campanha de 2016.
Miguel Serra, Eduardo Porfírio e Sofia Silva

Resumo
A campanha de 2016 do projecto de investigação “O povoado do Bronze Final do Outeiro do Circo (Beja)” que decorreu no passado mês de Agosto é apresentada, de forma sucinta, neste texto destinado a reportar de modo acessível e objectivo os principais resultados obtidos com a intervenção. Indica-se também o planeamento de acções futuras, ao mesmo tempo que se dão a conhecer uma série de outras actividades de divulgação realizadas no âmbito de um programa de Educação Patrimonial integrado neste projecto desde o seu início.